Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Comunicação > Notícias - InforMMA
Início do conteúdo da página
 
Quarta, 15 Fevereiro 2017 16:30

Ibama apreende 432 toras de madeira

Divulgação Ibama
Apreensão na fronteira com o Peru

Ação integrada com a Polícia Federal, Exército, Funai e Batalhão Ambiental da Polícia Militar do Amazonas ocorreu na fronteira com o Peru.


DA COMUNICAÇÃO IBAMA

Ação integrada de fiscalização que envolveu Ibama, Exército, Fundação Nacional do Índio (Funai), Polícia Federal (PF) e Batalhão Ambiental da Polícia Militar (PM) do Amazonas na fronteira com o Peru resultou na apreensão de uma jangada com 432 toras de madeira e na aplicação de multa no valor de R$ 130,5 mil.

O flagrante ocorreu no rio Javari, em Atalaia do Norte (AM). Um peruano que transportava as toras de ucuúba, marupá, jacareúba, cedro, cedrorana, louro e samaúma foi abordado pela equipe de fiscalização e apresentou documentação peruana sobre a origem da madeira com informações inconsistentes. O estrangeiro não portava nota fiscal. Segundo a Funai, parte das toras foi extraída ilegalmente em território brasileiro, na Terra Indígena Vale do Javari, segunda maior do país, com 8,5 milhões de hectares.

A ação faz parte da Operação Javari, que combate o tráfico de biodiversidade na tríplice fronteira (Brasil, Colômbia e Peru). Na região, é recorrente o tráfico de madeira e de peixes ornamentais.

“O Ibama realiza frequentemente operações integradas de fiscalização com as Forças Armadas e outras instituições parceiras nessa área, que é estratégica para a proteção da biodiversidade. A reabertura da unidade técnica de Tabatinga vai intensificar a presença do Instituto na região”, disse o superintendente do Ibama no Amazonas, Geandro Pantoja.

Entre as madeiras transportadas foi encontrado o cedro, que está listado no apêndice III da Convenção Internacional sobre Comércio de Espécies Ameaçadas de Fauna e Flora (Cites). Por esse motivo, é necessária licença especial para entrada ou saída do país. As toras apreendidas, que chegaram nesta quarta-feira (15/02) a Benjamin Constant (AM), ficarão sob guarda do Exército até serem doadas.

 

Assessoria de Comunicação do Ibama: (61) 3316-1015



Fim do conteúdo da página