Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Agroextrativismo


Carteira de Projetos
Suspenso temporariamente o recebimento de projetos de demanda espontânea (que são os projetos tipo B e C), pois a Gerência de Agroextrativismo (GEX) está estabelecendo uma nova estratégia de fomento para atendê-los.

Este componente recebe projetos a partir de demanda espontânea. São três categorias de projetos:
  • Tipo A (até R$ 5.000,00).
  • Tipo B (de R$ 5.001,00 à R$ 30.000,00).
  • Tipo C (de R$ 30.001,00 a 100.000,00).

Todos os projetos são aprovados em instâncias coletivas: Comitê Gestor e Comitês Locais, compostos por representantes do governo e da sociedade civil

Cada categoria de projeto está enquadrada em uma ou mais linhas prioritárias de apoio:

(i) Produção, Beneficiamento e Comercialização de Produtos Agroextrativistas;

(ii) Apoio à Criação e à Consolidação de Unidades de Conservação de Uso Sustentável, Projetos de Desenvolvimento Sustentável e Assentamentos Extrativistas;

(iii) Organização e Fortalecimento das Comunidades Agroextrativistas e

(iv) Capacitação.

 

O aspecto inovador da Carteira de Projetos está no estabelecimento de parcerias com Agências Implementadoras de Pequenos Projetos, responsáveis pela apresentação e gestão dos projetos Tipo A. São organizações não governamentais  ONG, Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público  OSCIP e entidades representativas de movimentos sociais, como associações, sindicatos de trabalhadores rurais e cooperativas.

O Componente Carteira de Projetos estabeleceu parcerias efetivas com organizações civis constituídas com histórico trabalho de base, representativas dos movimentos sociais agroextrativistas. Isso possibilitou a capilaridade do Programa Comunidades Tradicionais em regiões consideradas isoladas e desprovidas da presença do Estado, e principalmente, assegurando a participação da sociedade civil na execução de projetos e no controle social, imprimindo ao Programa um alto de grau de democracia e transparência na aplicação e gestão de recursos públicos.

Fim do conteúdo da página