Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Sítios do Patrimônio

Convenção do Patrimônio Mundial

A Convenção do Patrimônio Mundial foi adotada na Conferência Geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura, em 1972, com a finalidade de garantir a proteção das obras e áreas de grande interesse para a história da terra ou da cultura da humanidade. Ela foi ratificada pelo Brasil por meio do Decreto no. 80.978, de 12 de dezembro de 1977.

Como princípio, o sítio deve ter um valor excepcional universal, ou seja, uma importância tão extraordinária que transcende as fronteiras nacionais e se torna importante para o presente e o futuro de toda a humanidade, atendendo pelo menos um dos critérios de reconhecimento.

Valor universal excepcional

Valor universal excepcional - VUE (Outstanding Universal Value - OUV), Elementos naturais e/ou culturais que, com base nos critérios adotados pela Convenção, justificaram a inscrição do bem na Lista do Patrimônio Mundial. Para ser considerada de Valor Universal Excepcional, um bem deve também cumprir as condições de integridade e/ou autenticidade e deve ter um sistema adequado de proteção e gestão para garantir sua salvaguarda

Critérios de Reconhecimento:

Critérios de Reconhecimento:
Critério (i):     representar uma obra-prima do gênio criativo humano.
Critério (ii):    exibir um evidente intercâmbio de valores humanos, ao longo do tempo ou dentro de uma área cultural do mundo, que teve impacto sobre o desenvolvimento da arquitetura ou da tecnologia, das artes monumentais, do urbanismo ou do paisagismo.
Critério (iii):   apresentar um testemunho único ou pelo menos excepcional de uma tradição cultural ou de uma civilização viva ou desaparecida.
Critério (iv):    ser um exemplar excepcional de um tipo de edifício, conjunto arquitetônico ou tecnológico ou paisagem que ilustre (um) estágio(s) significativo(s) da história humana.
Critério (v):     ser um exemplo excepcional de um assentamento humano tradicional, uso da terra ou do mar que seja representativo de uma cultura (ou culturas), ou de uma interação humana com o meio ambiente, especialmente quando ele se tornou vulnerável sob o impacto de mudanças irreversíveis.
Critério (vii):   representar fenômenos naturais notáveis ou áreas de excepcional beleza natural e importância estética.
Critério (viii): ser um exemplo excepcional e identificador de estágios na história da Terra, incluindo os registros da vida, de processos geológicos significativos em curso no desenvolvimento das formas terrestres, ou de elementos geomórficos ou fisiográficos significativos.
Critério (ix):   ser um exemplo excepcional de processos ecológicos e biológicos significativos em curso na evolução e desenvolvimento de ecossistemas e comunidades de plantas e animais terrestres, de água doce, costeiros e marinhos.
Critério (x):    conter os habitats naturais mais relevantes e significativos para a conservação in situ da diversidade biológica, incluindo os que contêm espécies ameaçadas, de Valor Universal Excepcional do ponto de vista da ciência e da conservação.

Atualmente há 1007 Bens reconhecidos pela Unesco (197 Naturais, 779 Culturais e 31 Mistos).

O Brasil possui 7 (sete) áreas reconhecidas como sítios do Patrimônio Mundial Natural, compostas por unidades de conservação. São eles: a) Reservas de Mata Atlântica da Costa do Descobrimento, b) Reservas da Mata Atlântica do Sudeste, c) Parque Nacional do Iguaçu, d) Áreas de Conservação do Pantanal, e) Ilhas Atlânticas Brasileiras: Reservas de Fernando de Noronha e Atol das Rocas, f) Complexo de Conservação da Amazônia Central e g) Áreas Protegidas do Cerrado: Chapada dos Veadeiros e Parque Nacional das Emas.

mapa sitios patrimonio

 

Sítios do Patrimônio Mundial Natural Brasileiros
PN Iguaçu (1986) Reservas do Sudeste da Mata Atlântica (1999) Complexo de Áreas de Conservação do Pantanal (2000)
PN Iguaçu PN Superagui EE Guaraqueçaba PN do Pantanal
Costa do Descobrimento (1999) EE Guaraqueçaba PE Pico do Murumbi RPPN Penha
PN Pau Brasil PE Carlos Botelho APA Serra do Cordeiro, Paratiu, Itapuã e Itinga * RPPN Dorochê
PN Descobrimento RPPN Acurizal
PN Monte Pascoal PE Intervales APA Serras do Arrepiado e Trombador * Ilhas Atlânticas Brasileiras (2001)
RB Una RB Atol das Rocas
RB Sooretama EE Xitué APA Mangues * PN Fernando de Noronha
Estação Expecimental Ecológica Pau Brasil-Espab** PE Turístico do Alto do Ribeira (PETAR) APA Serra do Itapitangui (e Mandira) * Áreas Protegidas do Cerrado (2001)
PN Chapada dos Veadeiros
EE Juréia-Itatins PE Serra da Graciosa PN Emas
Estação Vera Cruz PE Pariquera Abaixo PE Pau-Oco Complexo de Conservação da Amazônia Central (2000, 2003)
Reserva Florestal de Linhares PE Ilha do Cardoso APA Ilha Comprida * PN Jaú
* Apenas as Zonas/Refúgios de Vida Selvagem PE Jacupiranga RPPN Salto Morato PN Anavilhanas
** Estação Experimental da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac) PE Lauraceas APA Ilhas Oceânicas * RDS Amanã
EE Ilha do Mel RDS Mamirauá
 

Oficina CUSCO, 2015:

             "Plano de Ação para o Patrimônio Mundial na América do Sul 2015-2020"
               Acesse em: English/ Español

           Principais pontos:
    Aumento na representação de bens naturais e atualização da representação do patrimônio cultural da região na lista de Patrimônio Mundial
    Eficiência na gestão transversal e interinstitucional adaptada à propriedade inscrita na lista do Patrimônio Mundial (melhorando comunicação e cooperação)
    Inclusão de planos de turismo sustentável e participativos (comunidades) nas políticas de patrimônio nacional
    Desenvolvimento e notificação para a UNESCO em avaliações de impacto antes da implementação de projetos de desenvolvimento
   Atenção aos impactos das mudanças climáticas


SAIBA MAIS:

- Manual de Referência da Unesco: Gestão do Patrimônio Mundial Natural , Sinalização do Patrimônio Mundial no Brasil:
orientações técnicas para aplicação

- lista com contatos dos gestores das Unidades de Conservação que compõe os Sítios Naturais.

- Página da Unesco no Brasil e Internacional (com muitos documentos de referência)

- Organização da gestão dos sítios no Brasil, incluindo lista dos patrimônios culturais.



 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fim do conteúdo da página